Questões

segunda-feira, abril 25, 2011


Como pode?
 Por mais que a gente não queira a gente só percebe que era feliz quando ela, a Felicidade, vai embora.
Passo meus dias a procurar algo que me encante que me faça feliz, algo que me traga a felicidade...
Parece que todos meus esforços são em vão.
Por que quando eu olho meu passado eu a vejo tão presente?
São tantos “por que” que eu me perco só para me encontrar, para me organizar.
Penso às vezes em voltar ao passado, mudar boa parte do que vivi, mas um caminho desviado no começo mudaria todo meu rumo até aqui... Se isso seria bom ou ruim só Deus pode dizer.
Meus dias as vezes é olhar da janela, ver a vida passar, as crianças ainda sem preocupações, as vezes meio egoístas por buscarem apenas e simplesmente a felicidade, a sua própria felicidade.
Onde foi que perdi essa minha pequena e inofensiva percentagem de egoísmo?
Como se chama essa percentagem de mim?
Sei apenas que a esqueci em algum lugar do passado, troquei a por um sentimento altruísta, me segurando, sufocando minha alegria para que você seja feliz.
Um dia talvez eu aprenda, quem sabe eu encontre as respostas para essas minhas inúmeras questões...

Ser Feliz

segunda-feira, abril 18, 2011


Tentando por em pratica tudo que aprendi
Me pego agora sozinho, remoendo meus pensamentos
Frases feitas com muito sentido
Felicidade e um coração partido...
Como conciliar duas vidas em duvidas?
Dependência de um alguém
A vontade de liberdade
Sem prestar contas se vai ou se vem
Caminho que escolhi pra mim
Entre flor e espinho eu sigo
Acompanhado e sozinho
Um paradóxico embriagante
Ter e não ter ao mesmo instante
Cobrar o que não posso dar
Seguindo apenas minha razão
Dando ouvidos ao coração
Parado na mesma e sem ação...
Perdendo tudo por um triz
Buscando um sentido a vida
Ser Feliz

Ao despertar

segunda-feira, abril 11, 2011


Abro os olhos e vejo que junto a mim o sol desperta
Vejo o feixe de luz que entra da janela, possível dia de calor
Meu corpo ainda jaz deitado, seminu entre lençóis
Enquanto eu tento abrir meus olhos por completo relembro o sonho que me fez dormir tão calmamente
Não quero me importar com o mundo atrás dessa janela
Quero mergulhar no grande oceano que ah em mim a ser desbravado
Tanta duvida muita coisa para administrar
Lembro dos seus olhos, sua pele...
Meu anjo fique aqui comigo, me mostre o caminho
O tão falado amor.
O dia não me espera, minhas horas vão passando
Você não esta aqui, eu não te esqueço
Não me deixo em paz agora com meus olhos de chuva
E na cabeça uma tempestade
Meu dia começa agora...

Vivendo o perigo

quarta-feira, abril 06, 2011


Foi loucura, nem pensei
Tive medo, suportei
Afinal eu te propus
Apenas me entrego
Você me conduz
É novidade, quase me arrependo
Você diz meu nome, estou vivendo
Perco a noção correndo risco
Se for com você eu pago o preço
Suas mãos pequenas
Ninguém diria
Um pulso firme, tudo o que eu queria
Fugindo as regras
Aprendi contigo, o coração entrega
Vivendo o perigo

Apenas um Rapaz

sexta-feira, abril 01, 2011


Sozinho há horas
O mundo passa lá fora
Meu regresso acontece agora
Viajei, não sonhei
Sem sair do lugar aqui fiquei
Meu corpo... descansado.
Deitado na cama
Sem ninguém do lado
A casa parece maior
O tempo esfria
Meu corpo ferve na cama vazia
Não ouso querer algo que me tente
O pecado chama
É meu corpo querendo aventura
O coração queimando em desejo
Querendo bater até quase explodir
Minha cabeça inquieta
Buscando agora alternativa certa
Querendo um pouco de paz
Sou tantos e ao mesmo tempo
Apenas um rapaz...

Comentarios

Total de visualizações de página

Loading...

Seguidores

Agora

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem sou eu

Estou a me procurar sempre, todo dia quando acordo, toda noite enquanto durmo. Como um canceriano sonhador, me procuro em tudo a minha volta. O beijo não dado, o silêncio no canto da sala Por isso me procuro, tentando ser eu mesmo. Sem me importar com julgamentos alheios Homem de humor fleumático Menino que sabe o que quer Sou feito de pele, carne e osso Um amante do que é novo Sobrevivente dos amores platônicos Sou dono do meu nariz Sei que estou aprendendo muita coisa, nada tem acontecido em vão. Sou uma pessoa que precisa ser forte e cada dia mais Preciso de amigos... Minha família é minha base Só não preciso provar nada pra ninguém Continuo crescendo, aprendendo, me fortalecendo... Todos os dias quando acordo...