Incentivo a Leitura

sexta-feira, abril 26, 2013

Boa noite. rsr ou Bom dia? são 00:20 agora e eu acabei de receber uma Tag da Campanha de Incentivo a Leitura, minha amiga Flavia Barros do Blog Olhar de Anjo foi qum me indicou.
Bom não preciso pensar muito pra decidir escrever, até brinquei dizendo que o grande incentivo foi para que eu escrevesse, é muito mais facil assim quando alguem te da o tema.
Confesso que o mais dificil pra mim é escolher o livro, desde que aprendi eu sempre gostei de ler, mas confesso que ando meio preguiçoso. Preciso de óculos, mas só uso mesmo quando a coisa fica feia, tipo, uma vez a cada seis meses.
La vai: O diario de Anne Frank, esse livro conta a história de uma menina judia de 13 anos que ganha seu diario e começa a relatar ali seus dias, suas ideias... Bom, agora me dei conta que foi ela a minha maior inspiração para começar a escrever o que depois se tornou esse blog.
Ela e sua familia ficam escondidos por 2 anos em um sotão com mais algumas pessoas, recebendo ajuda de alguns amigos que os esconde da GESTAPO. Eles são descobertos e seu diario que relata as emoçoes do dia a dia ali é descoberto depois e publicado como livro. Muito emocionante
Confesso que esse assunto de Segunda Guerra Mundial, Nazismo e afins sempre me chamou atenção.
Outros livros que gostei muito que também abordam o tema são "O menino do Pijama Listrado" um drama de John Boyne e um romance chamado "O inverno chegou" de Miriam Freeman.
Entra pra minha lista de "mais mais" "O Quatrilho","Comer, rezar, Amar", "A Cabana"os livros juvenis "Tesouros da Juventude" e o "Ta Louco" que li na minha adolescencia e "A estrela que tinha medo do escuro" (infantil) o primeiro livro que li sozinho, me ajudou muito na época.
Eu indico agora os blogs :
Mulher Vitrola e Pescador de Sonhos. Não conheço muitos e a maioria que eu conheço ja participou.

"Kices" até a proxima

Deus dará... (?)

quinta-feira, abril 04, 2013

"Diz que deu, diz que dá
Diz que Deus dará
Não vou duvidar, ó nega e se Deus não dá
Como é que vai ficar, ó nega?
'à Deus dará'..."*

Tenho pensado muito esses dias sobre essa musica, não pela musica , mas porque ela me fez questionar "ó nega como é que vai ficar?" . Estamos tão viciados ao comodismo nos dias atuais que esperamos que Deus dê o que queremos, o que tanto desejamos. Esperamos que tudo caia do céu.
Fico pensando muitas vezes onde nós, humanidade, vamos parar.
Tudo na vida segue um curso, e vejo cada vez mais o povo cerrando os olhos para vida, pro prazer de estar em família. Hoje em dia onde tudo esta se tornando descartável se você não concorda com um amigo ou ele não concorda com você é mais fácil discutir e trocar, seu marido ou sua esposa já não é o mesmo da época de namoro, buscar outro é muito mais fácil. Esquecemos que tudo o que vem fácil  vai fácil. O que dura são as coisas que lutamos para conseguir, para conquistar.
Certa vez li uma tirinho no facebook, era uma conversa de uma jovem e uma senhora onde a jovem questionava como ela conseguiu ficar tanto tempo casada e a resposta era "Sou de uma época em que se uma coisa quebrava, a gente consertava, não se comprava outra".
Como é que vai ficar? Ja se questionou sobre isso?
Alguma coisa mudou, ja olhou no espelho pra ver se não foi você?
Vivemos em constante evolução, o que eu sou hoje posso ja não ser amanhã. O cantor Gabriel O Pensador ja levantava esse tema no titulo do seu Cd de 2001 "Seja você mesmo, mas não seja sempre o mesmo", a primeira vez que li achei que fosse a coisa mais complexa do mundo, realmente ainda não acho que seja fácil  mas é um exercício que vale a pena tentar. Busque sabedoria, leia, estude, se questione ai está a evolução, em pensar .
"Diz que deu, diz que dá
Diz que Deus dará
Não vou duvidar..."


*trecho da música "Partido Alto" de Chico Buarque

Comentarios

Total de visualizações de página

Loading...

Seguidores

Agora

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem sou eu

Estou a me procurar sempre, todo dia quando acordo, toda noite enquanto durmo. Como um canceriano sonhador, me procuro em tudo a minha volta. O beijo não dado, o silêncio no canto da sala Por isso me procuro, tentando ser eu mesmo. Sem me importar com julgamentos alheios Homem de humor fleumático Menino que sabe o que quer Sou feito de pele, carne e osso Um amante do que é novo Sobrevivente dos amores platônicos Sou dono do meu nariz Sei que estou aprendendo muita coisa, nada tem acontecido em vão. Sou uma pessoa que precisa ser forte e cada dia mais Preciso de amigos... Minha família é minha base Só não preciso provar nada pra ninguém Continuo crescendo, aprendendo, me fortalecendo... Todos os dias quando acordo...